Página inicial do IPE Saúde
Ir para Portal do Estado do Rio Grande do Sul
Siga-nos
IPERGS - Instituto de Previdência do Estado do Rio Grande do Sul
Governo do Estado do Rio Grande do Sul
Imprimir   Fechar
Página Inicial  >  Notícias  >  Diretor de Saúde participa do

Diretor de Saúde participa do lançamento do projeto TeleOftalmo – Olhar Gaúcho

Ministro da Saúde, Ricardo Barros, no lançamento do TeleOftalmo - Olhar Gaúcho.

O projeto de telediagnóstico a serviço da saúde ocular  TeleOftalmo - Olhar Gaúcho, foi lançado na manhã desta segunda-feira (10), no Hospital Restinga e Extremo Sul. O diretor de Saúde do Instituto de Previdência do Estado, Alexandre Escobar, e o assessor da Diretoria, Paulo Gnoatto, participaram da solenidade.

O TeleOftalmalmo tem o objetivo de otimizar o acesso da população do Estado ao diagnóstico e manejo de condições oftalmológicas e qualificar a fila de espera para o médico especialista. Serão 8 unidades remotas, duas já implantadas em Porto Alegre e as demais em Santa Rosa, Santa Cruz do Sul, Farroupilha, Pelotas, Santa Maria e Passo Fundo.

O projeto é uma parceria do TelessaúdeRS-UFRGS, da Secretaria Estadual da Saúde e da Associação Hospitalar Moinhos de Vento, através do Programa de Desenvolvimento Institucional do Sistema Único de Saúde (PROADI-SUS) do Ministério da Saúde.

Para o diretor de Saúde, Alexandre Escobar, o projeto é muito bem elaborado e atende uma especialidade muito requisitada, representando uma oportunidade de melhoria desses atendimentos. “O IPE vislumbra a possibilidade de modernizar e melhorar a assistência à saúde dos seus beneficiários, em parceria com o TelessaúdeRS e com o departamento de saúde da Brigada Militar, principalmente no interior do Estado”, destacou Escobar.

“No Estado, há uma fila de mais de 15 mil pessoas aguardado uma consulta na área da saúde ocular, sendo a média de espera de um ano”, disse o vice-coordenador geral do TelessaúdeRS, Roberto Nunes Umpierre.

“Quem mais ganha é a comunidade”, disse o governador do Estado, José Ivo Sartori, que destacou que a missão do poder público é melhorar a qualidade de vida das pessoas, que poderão ter acesso ao atendimento oftalmológico de forma mais ágil, sem ter que esperar tanto tempo na fila.

O ministro da Saúde, Ricardo Barros, fez alguns anúncios importantes para o setor da saúde, e destacou também, que vai trabalhar, junto ao Conselho Federal de Medicina, para que sejam autorizadas teleconsultas prévias para outras áreas, com o intuito de reduzir o direcionamento para especialistas quando não há necessidade. Estima-se que reduza em 70% a fila de espera para a especialidade de oftalmologia.

Estiveram presentes no lançamento, o secretário Estadual de Saúde, João Gabbardo dos Reis, o prefeito de Porto Alegre, Nelson Marchezan, e o secretario Municipal de Saúde, Erno Harzheim, entre outras autoridades.

 

Quem pode solicitar?

O serviço poderá ser solicitado por todos os médicos que atuam nos postos de saúde de Atenção Primária/Atenção Básica do Rio Grande do Sul.

Quem poderá solicitar?

Poderão realizar o exame: crianças a partir de 8 anos de idade e adultos com as seguintes condições clínicas: baixa da acuidade visual inespecífica, erros de refração, estrabismo, lesões palpebrais, lesões da conjuntiva, catarata, e pacientes diabéticos para rastreamento de retinopatia diabética.

Como funciona?

O médico da atenção primária solicita o telediagnóstico para seu paciente via Plataforma de Telessaúde/MS, disponível em www.plataformatelessaude.ufrgs.br. A equipe do TelessaúdeRS-UFRGS realiza o agendamento para uma das unidades remotas do estado. A avaliação é feita por telemedicina pelos oftalmologistas do TelessaúdeRS-UFRGS, com apoio presencial da equipe de enfermagem do consultório remoto. O laudo é entregue no final da avaliação para o paciente e enviado pela Plataforma de Telessaúde/MS para o médico solicitante, junto com recomendações de conduta. Pacientes com erro de refração (miopia, hipermetropia, astigmatismo e presbiopia) poderão receber óculos gratuitamente.

Onde é feito o exame?

As unidades remotas serão localizadas nas cidades de Porto Alegre (já implantada), Santa Rosa, Santa Cruz do Sul, Farroupilha, Pelotas, Santa Maria e Passo Fundo.

 

Shana Nazário

Assessoria de Comunicação

Publicação 10.07.2017 às 17:08
IPERGS - Instituto de Previdência do Estado do Rio Grande do Sul
Av. Borges de Medeiros, 1945
Bairro Praia de Belas
CEP: 90110-900
Porto Alegre - RS

Acesso para cadeirantes e pessoas com mobilidade reduzida pela Rua Vicente de Paula Dutra
E-Mail: - Fone/Fax: (51) 3210-5656